notícias, pensamentos, fotografias e comentários de um troineiro

sábado, 12 de agosto de 2017

Pelos vistos o treinador José Mourinho vai ter de abrir os cordões à bolsa 

Quando eu estava na tropa foi-me atribuída uma condecoração, porém embora ela tenha ficado registada na caderneta militar o facto é que nunca me foi entregue. 

Quando tentei saber o porquê de tal acontecer explicaram-me que se eu desejasse ter a tal medalha teria de a comprar. Fui desmobilizado do exército após ter cumprido mais de três anos de serviço obrigatório e só quando de novo me convocarem para o Exército talvez pense em comprar a tal medalha mais que não seja para mostrar aos jovens recrutas de que sou um veterano medalhado. 

Também em Setúbal, já lá vão muitas luas, foi atribuído ao mundialmente famoso treinador de futebol José Mourinho, setubalense, a honra do seu nome figurar numa importante artéria da cidade, à beira-mar plantada, anteriormente designada como Rua da Saúde. 

O facto é que tanto tempo passado não consigo ver as placas toponímicas com o nome de Mourinho o que me leva a concluir que se o homenageado as quiser ver afixadas terá de abrir os cordões à bolsa e mandar fazê-las ele mesmo, isto porque os nossos responsáveis autárquicos pelos vistos estão a seguir o exemplo daqueles outros que também me atribuíram a condecoração militar. 

Assim sendo, o nosso conterrâneo José Mourinho que se prepare para abrir os cordões à bolsa, ou então a tal rua que foi promovida a avenida, continuará a ser da Saúde. 

Rui Canas Gaspar 



2017-agosto-12
Vai abrir uma nova fábrica em Setúbal 

O imóvel veio parar às mãos da Autarquia sadina fruto de uma permuta com os terrenos no Monte Belo onde foi erigido o novo Burguer King e a bomba de gasolina ali existente e desativada. 

No interior do velho e enorme prédio ainda nada foi feito, embora se conste na cidade que o novo pólo cultural da cidade venha a ser inaugurado antes do final deste ano. 

Chamar-se-á “Fábrica das Artes” não sei se por homenagem às antigas e quase desaparecidas artes de pesca setubalenses se pelo facto de ser destinado aos muitos “artistas” que por cá proliferam, ou se simplesmente será um espaço concorrente ou complementar da Casa da Cultura. 

O facto é que embora nada tenha sido iniciado e já muito ter sido anunciado, o enorme cartaz, foi agora ali afixado, cobrindo todo o alçado sul, na Avenida José Mourinho, bem perto do quartel dos Bombeiros Voluntários. 

Aguardemos então serenamente que a estridente sirene se faça ouvir, não para chamar as mulheres conserveiras ao trabalho, mas para fazer afluir os artistas setubalenses à sua nova fábrica. 

Rui Canas Gaspar 

2017-agosto-12 


www.troineiro.blogspot.com

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Setúbal está mais bonita 

Gosto das coisas bonitas, limpas e agradáveis à vista, acho que isso dá uma melhor qualidade de vida a quem aqui vive porquanto o ambiente que nos rodeia se torna mais saudável ao mesmo tempo que me dá mais prazer apresentar a terra onde nasci a quem me visita. 

É por demais sabido que os gostos não se discutem, porque o que é bonito para uns é simplesmente horrível para outros e, como tal, cada um fica com a sua opinião, sabido que regra geral a generalidade das pessoas aceitam melhor a limpeza do que a porcaria, o arranjo do que a degradação e, por aí fora… 

Depois de muitas vezes passar por baixo do viaduto agora suportado por “chaminés” das nossas tradicionais fábricas conserveiras, só há alguns minutos tive oportunidade de parar, apreciar e até ir junto das mesmas tocar-lhes. 

De facto, gosto e congratulo-me com a decoração que foi feita no viaduto da Antero de Quental, antes de entrar na Avenida dos Ciprestes. Acho que ficou sugestivo e fino. 

Aplaudo o artístico trabalho que foi levado a cabo no túnel de Quebedo com a colocação dos painéis de azulejos. 

Aprecio os trabalhos de recuperação e pintura com o apontamento artístico de homenagem à mulher conserveira com que ficou decorada a ponte, junto ao Miradouro de São Sebastião. 

E, goste-se ou não, eu pessoalmente aprecio também a última intervenção decorativa que foi feita nos pilares do viaduto, ali bem perto da Pedra Furada, um espaço que se encontra agradavelmente ajardinado e com iluminação noturna. 

Setúbal, ao longo destes últimos anos tem vindo a sofrer significativas alterações no seu visual, coisa que só não vê quem não quiser. 

Que há muito ainda por fazer, é verdade! Que, se calhar poderiam ser dadas prioridades a outros setores, provavelmente! Mas que Setúbal está mais linda que nunca, disso eu não tenho dúvidas. Mas esta é apenas e só a minha opinião e cada um terá a sua. 

Rui Canas Gaspar 



2017-agosto-09